A capital

O SONHO DE DOM BOSCO

“Entre os graus 15 e 20 havia uma enseada bastante longa e bastante larga, que partia de um
ponto onde se formava um lago. Disse então uma voz repetidamente: - Quando se vierem a
escavar as minas escondidas no meio destes montes, aparecerá aqui a terra prometida, de onde
jorrará leite e mel. Será uma riqueza inconcebível.”


Em agosto de 1883, o padre italiano Dom Bosco, como é mais conhecido, sonhou que fazia uma viagem à América do Sul – continente que jamais visitou. No sonho, ele passou por várias terras entre a Colômbia e o sul da Argentina, vislumbrando povos e riquezas. Ao chegar à região entre os paralelos 15° e 20°, viu um local especial, onde, nas palavras de um anjo que o acompanhava em sua visão, apareceria “a terra prometida” e que seria “uma riqueza inconcebível”. 

Setenta e sete anos depois do sonho era inaugurada no Planalto Central brasileiro a cidade de Brasília, exatamente dentro do intervalo de coordenadas geográficas mencionado na visão de Dom Bosco e emoldurada pelo Lago Paranoá.

 

A CONSTRUÇÃO DE UM SONHO 

"No princípio era o ermo...
Eram antigas solidões sem mágoa,
O altiplano, o infinito descampado...
No princípio era o agreste:
O céu azul, a terra vermelho-pungente
E o verde triste do cerrado."
                           *Sinfonia da Alvorada, Vinícius de Moraes

Brasília é mais do que a capital do país. É um símbolo de coragem e superação. A idéia de transladar a capital do Rio de Janeiro para o interior do país foi no sentido de desenvolver a região e de cumprir uma antiga determinação de transferir a administração do Brasil para o Planalto Central. Pessoas de todo o país, especialmente do nordeste (chamadas de Os Candangos*, foram contratadas para a construção da cidade, inaugurada no dia 21 de abril de 1960 por Juscelino Kubitschek. Nesta época, o centro cívico da cidade já tinha sido totalmente construído (Palácio do Governo, Catedral, Edifícios dos Ministérios, Parlamento, Palácio da Justiça, etc.).

*O monumento Os Guerreiros, também conhecido como Os Candangos, é uma escultura de
bronze de autoria de Bruno Giorgi, é uma homenagem aos operários que trabalharam na 
construção da cidade. Por representar o povo, é o símbolo usado no XIX Consec.

 

Esplanada dos MinistériosEsplanada dos Ministérios 

 

Brasília é uma cidade à frente do seu tempo. Seu surgimento mudou o panorama do país, tanto político como econômico. É uma cidade completa, de forma inovadora e diferente em tudo. Tornou-se Patrimônio Histórico e Cultural da Humanidade em 1987 e, em 2008, foi escolhida, pela Organização dos Estados Americanos - OEA, a Capital Americana da Cultura Com projeto urbanístico de Lúcio Costa e arquitetônico de Oscar Niemeyer, a céu aberto, possui um dos melhores índices de Qualidade de Vida (IDH) do país e um passeio pelas largas avenidas da capital permite contemplar preciosidades com o paisagismo de Burle Marx, a arquitetura de Athos Bulcão, os vitrais de Marianne Peretti e as esculturas de Alfredo Ceschiatti e Bruno Giorgi.

 

BRASÍLIA VISTA DO CÉU 

 

VENHA ANTES, OU FIQUE APÓS O EVENTO, E CONHEÇA SUA CAPITAL: