Apresentação

“Estamos migrando de um padrão previsível para um modelo no qual impera a instabilidade”, diz Márcio Pochmann, presidente do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). Isto porque as organizações, diante da exigência de manterem-se competitivas, continuamente estão em busca de inovação de processos e produtos/serviços, ou seja, impacto direto em sua equipe (colaboradores), que deve ter atuação profissional arrojada, comprometimento com resultados e visão estratégica enquanto profissional e membro da equipe.

Atualmente, o profissional deve ter atuação cooperativa e comprometida com a organização e exercer o conceito de carreira sem fronteiras, para ser um prestador de serviços com excelência no desempenho. Principalmente o profissional de Secretariado, por ser o agente elo entre os “stakeholders” da organização em que atua, ser o intermediador dos relacionamentos inter setoriais e executor das operações administrativas das áreas funcionais que atende.

Nesse contexto a FENASSEC – Federação Nacional das Secretárias e Secretários e o SISDF – Sindicato das Secretárias e dos Secretários do Distrito Federal, realizarão o XIX CONSEC – Congresso Nacional de Secretariado, o VII Fórum Nacional e II Fórum Internacional de Debates sobre Competências Profissionais e XII Encontro Nacional de Coordenadores e Docentes dos Cursos de Secretariado, com o tema: “Secretariado: Empreender para Crescer”, onde serão abordados temas para desenvolvimento de competências que atendam às novas demandas do mercado, principalmente no que tange a relevância de postura e atuação técnica na efetiva cogestão em organizações públicas e privadas, com foco em um perfil de formação diversificada, versatilidade e autonomia de atuação, bem como espírito empreendedor e intra empreendedor. Além do incentivo de pesquisa, por meio de apresentação de trabalhos científicos, nas modalidades artigo e pôster.


OBJETIVOS GERAIS

1. Compreender cenários e tendências prováveis do ambiente e saber gerenciar a situação;

2. Refletir sobre a relevância do pensamento sistêmico, para gestão de resultados organizacionais;

3. Elevar o nível de atuação do profissional de secretariado;

4. Preparar para enfrentar desafios profissionais dentro das organizações;

5. Ser profissional proativo e gerador de resultados;

6. Despertar interesses para inovação, criatividade e busca por geração de valor agregado a resultados.

7. Ser agente de mudança no exercício profissional e como cidadão.

8. Estimular que o exercício profissional esteja pautado por princípios éticos;

9. Realizar intercâmbio técnico sobre questões profissionais.